Ainda by Luiz Wood


Ainda há pouco,
tudo era calma,
lua cheia e um céu todo.
Era a apenas a imensidão,
antes da perdição dos teus olhos.
Um pássaro e nau errante,
onde gosto de me perder,
no céu leitoso do teu colo,
onde gosto de me esconder.
Ainda há pouco,
era apenas a lua,
você e eu....

- Luiz Wood -


Nenhum comentário:

Postar um comentário